Sabe aquele inimigo que o sabota num momento decisivo, quando tudo já está quase fechado, fazendo dar errado? Que impede a realização dos seus mais lindos sonhos... aqueles que você nem tem coragem de contar para ninguém....?
Que faz dar um “medinho”, lá no fundo, de que, de novo, não vai dar certo? De que você não consegue e que nada pode fazer para mudar isso? De que é fácil para os outros, mas não, para você?
Esse sabotador dorme e acorda com você, participa dos seus planos para saber, exatamente, como impedir....
Faz dar aquela preguiça... cansaço.... aquele sono fora de hora... faz você se empenhar naquela tarefa que nem era urgente, tirando seu foco dos objetivos.... faz você acreditar que jamais conseguirá, ou no máximo, conseguirá daqui a muitos anos, e, portanto, não precisa se mexer agora, pois tem todo o tempo do mundo e pode começar depois.
Esse sabotador não mostra a cara... fica na surdina... dá passos silenciosos, boicotando uma coisinha aqui, outra ali, mas, no momento crucial, quando o estrago será maior, faz “strike” e desmorona os alicerces da concretização dos seus planos.
Esse sabotador é uma crença limitante que nada mais é que acreditar em algo negativo sobre você e sua capacidade. Ela vai acompanhar você até que seja descoberta e questionada, quando, então, morre de inanição, simplesmente, porque você parou de alimentá-la.
Essa crença negativa foi alimentada toda vez que....

Você desejou algo e, em seguida, pensou que não era para você;
Pensou que não era capaz, portanto, melhor nem tentar;
Pensou que não era inteligente o suficiente, ou que era inteligente mas não tinha se preparado devidamente e, portanto, seria melhor ler mais um livro ou fazer mais um curso antes de começar;
Acreditou que não merecia;
Acreditou que todos conseguem, menos você;
Pensou que não deveria sonhar tão grande;
Acreditou em qualquer coisa que o limitou e isso pode ser um número infinito de possibilidades.....

E, agora, que esse elo fraco da corrente dos seus sonhos foi descoberto, o que fazer para mudar a situação?
Há dois caminhos que devem ser percorridos:

Toda vez que desejar algo e pensar que não consegue, questione se ninguém consegue, ou se alguém, no mundo, já conseguiu. Se é possível para alguém, também é possível para você! Faça isso para toda e qualquer ideia que vier a sua mente, limitando a realização dos seus objetivos. Você passará a ter respostas diferentes para si mesmo que o levarão a se empenhar no processo para realização dos seus sonhos. Você só se empenha, quando acredita que é possível!

Por outro lado, as crenças limitantes são ideias negativas que só existem em ambiente mental negativo, causado por mágoas e ressentimentos. Portanto, perdoe a todos e, principalmente, perdoe a si mesmo! Isso vai eliminar uma enorme quantidade de crenças limitantes por pura inanição, já que deixarão de ser alimentadas. E, antes que caia na ideia de que o outro não merece perdão, ou, o que ele fez é imperdoável, lembre-se que quando você perdoa, é você quem ganha o presente porque é a sua vida que melhora!

Sabendo de tudo isso e praticando, a sua confiança aumenta, significativamente, pois você passa a contar uma história diferente para si mesmo, sendo o seu maior incentivador e, portanto, o seu melhor amigo!
A partir desse ponto, o céu é o limite: VOE!!!

Denise Monteiro
Felicidade também se aprende!
Ensinar é o meu propósito ❤️